Restaurantes na Baixa

Onde comer na Baixa de Lisboa, incluindo os restaurantes com esplanada na Praça do Comércio


BaixaMar

Rua dos Bacalhoeiros, 28D
218 872 411
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €30

BaixaMar, Lisboa

Esta marisqueira fica entre a Praça do Comércio e o Campo das Cebolas, e tem um viveiro de onde se pode escolher a lagosta, lavagante ou sapateira que se quer ver no prato. As especialidades são a cataplana de marisco e o arroz de marisco e lagosta, que podem ser acompanhadas por um das três dúzias de vinhos à escolha, gins ou cocktails.
O menu do dia ao almoço tem um preço convidativo.




Bastardo

Rua da Betesga, 3
213 240 993
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €25

Bastardo, Lisboa

Situado no Internacional Design Hotel, este restaurante oferece uma cozinha portuguesa com inspirações internacionais, uma vista sobre o Rossio, e algum sentido de humor.
A sala tem uma decoração curiosa, com mesas e cadeiras de cores e modelos diferentes, e ainda retratos medievais nas paredes com expressões contemporâneas.
Há um menu para o almoço e o jantar, e outro para as tardes (entre as 15h e as 18h).


Bella Ciao

Rua de São Julião, 74-76
210 935 708
Encerra ao domingo
Preço por pessoa: €20

Bella Ciao, Lisboa

Esta é uma autêntica trattoria italiana, com mesas com toalhas aos quadrados, um italiano na cozinha e a RAI na televisão. O italiano na cozinha é o proprietário, que cria aqui os tradicionais pratos de massas da sua terra -- e o melhor tiramisu de Lisboa.
Cada refeição começa com a oferta de uma salada de rúcula, tomate e atum, e há ainda alguns bons pratos de carne. Em alternativa ao tiramisu, há uma deliciosa mousse de Nutella.


Café do Rio

Rua da Alfândega, 114
218 868 050
Encerra ao domingo
Preço por pessoa: €20

Café do Rio, Lisboa

Situado entre a Baixa e Alfama (ao lado da Igreja da Conceição Velha e bem perto da Casa dos Bicos), este restaurante é especializado em hambúrgueres no prato (sem pão), feitos com carne 100% biológica, mas também há vegetarianos (de feijão, grão, quinoa ou tofu). São acompanhados por batatas e arroz, e servidos num espaço agradável e contemporâneo.


Can the Can

Praça do Comércio
914 007 100
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €25

Can the Can, Lisboa

Um enorme lustre pendurado no teto, feito de três mil latas de conservas, dá uma ideia do conceito deste espaço na Praça do Comércio. É um restaurante de petiscos onde as conservas tradicionais são elevadas a produtos gourmet e até decoram as paredes e as mesas.
Aberto de manhã à noite, serve pequeno-almoço, brunch, pratos de peixe e de carne, hambúrgueres, massas e saladas. Agrada a todos os tipos de clientes, que quase sempre preferem ficar na esplanada virada para a praça mais monumental da cidade.


Dom Afonso, O Gordo

Rua Santo António da Sé, 18
965 872 132
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €30

Dom Afonso, O Gordo, Lisboa

As colunas e os arcos em tijolinho deste restaurante foram mandados construir em 1758, três anos depois do Grande Terramoto. O edifício era usado como cavalariça (o fontanário para os cavalos, assim como um poço, ainda existe), e mais recentemente foi uma mercearia e uma casa de fados. Hoje ainda se houve fado (a partir das 20h30), mas a especialidade da casa é o leitão à Bairrada.


Kong

Rua do Crucifixo, 30
213 460 076
Encerra ao domingo
Preço por pessoa: €15

Kong, Lisboa

Tem um menu com versões 100% vegetais de “guilty pleasures”, como o “fish and chips” e o hambúrguer com “bacon”, e ainda pratos do dia (incluindo uma famosa feijoada à brasileira à quinta-feira). Tudo é vegan, incluindo as sobremesas.


Leitaria A Camponeza

Rua dos Sapateiros, 155
923 132 488
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €25

A Camponesa, Lisboa

Este espaço teve várias vidas durante o seu mais de um século de vida. Começou como leitaria em 1907, décadas depois transformou-se em café, e mais recentemente converteu-se em restaurante.
É um autêntico monumento de estilo Arte Nova, mantendo grande parte da estética original, incluindo painéis de azulejos na fachada e no interior.
A especialidade são as espetadas -- metade delas de peixe e a outra metade de carne -- acompanhadas de batatas, arroz e salada.
Tem ainda uma pequena esplanada.


Museu da Cerveja

Praça do Comércio
210 987 656
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €35

Museu da Cerveja, Lisboa

No piso térreo serve-se cozinha tradicional portuguesa e algumas especialidades da casa (como o pastel de bacalhau com queijo da Serra da Estrela), acompanhadas por cervejas de vários países, enquanto no piso superior apresenta-se a história da cerveja, a sua indústria, produção e consumo.
É por isso um espaço único, que desperta a curiosidade dos lisboetas e turistas, que enchem o interior e a esplanada na Praça do Comércio.


Pinóquio

Rua de Santa Justa, 54
213 465 106
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €30

Pinóquio, Lisboa

É mais conhecido pelo espaço original, com esplanada na movimentada Praça dos Restauradores, mas quem não consegue lugar aí, pode tentar aqui, a poucos metros do Elevador de Santa Justa. Abriu quando a primeira casa fechou temporariamente para obras, e oferece os mesmos pratos, incluindo as famosas amêijoas. A grande especialidade é o marisco, com doses que podem ser divididas por duas pessoas, mas há ainda uma variedade de peixes e carne. Para acompanhar, há o vinho da casa, todo o tipo de vinhos nacionais, e cerveja.


Rib - Beef & Wine

Praça do Comércio, 31-34
968 578 962
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €40

Rib - Beef & Wine, Lisboa

Com esplanada com vista para a Praça do Comércio e um belo espaço interior, o restaurante da Pousada de Lisboa é para quem procura refeições num ambiente especial e para os apreciadores de carne. As carnes de qualidade são servidas com bons molhos e alguns acompanhamentos originais, e também há uma opção vegetariana. Oferece ainda mais de 120 referências de vinhos.
A sala é uma das mais belas da cidade, decorada com obras de arte cedidas pelo Museu de Lisboa.


Uma

Rua dos Sapateiros, 177
213 427 425
Encerra ao domingo
Preço por pessoa: €20

Uma, Lisboa

O menu tem apenas uma dúzia de opções (omeletes, bifes, bacalhau), mas é verdade que bastava ter apenas uma -- o arroz de marisco, que muitos garantem ser o melhor de Lisboa. Há dias em que parece não servir outro prato, pois é esse que atrai tantos lisboetas e turistas ao pequeno espaço informal (com um serviço apressado).


Veganapati

Rua da Prata, 242
218 862 346
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €20

Veganapati, Lisboa

É muito inspirado na cozinha indiana, mas é totalmente vegan. Tem também hambúrgueres e risotos, e um "especial do dia", num menu para o almoço e outro para o jantar (é mais económico ao almoço).


Velho Macedo

Rua da Madalena, 117
218 873 003
Abre todos os dias
Preço por pessoa: €25

Velho Macedo, Lisboa

É um dos restaurantes mais antigos da Baixa, ocupando o espaço de uma antiga leitaria. Mantém as paredes em pedra lioz da construção original, e as garrafas de vinhos nacionais decoram grande parte da sala. A cozinha segue as receitas tradicionais portuguesas, muitas delas do norte do país. Há sempre pratos do dia, e várias escolhas para entradas.