Lisbon Guide
Guia de Lisboa
Lisbon Guide
FOLLOW LISBON:
SIGA LISBOA:
Lisbon Lux FacebookLisbon Lux TwitterLisbon Lux on Google Plus
RECOMMEDED IN:
RECOMENDADO EM:
Lonely Planet
DIE ZIET
ALFAMA | AVENIDA DA LIBERDADE | AVENIDAS NOVAS | BAIRRO ALTO | BAIXA | BELÉM | CAIS DO SODRÉ
CAMPO DE OURIQUE | CHIADO | MOURARIA | PARQUE DAS NAÇÕES | PRÍNCIPE REAL | SANTOS

Search SEARCH LISBON:
PROCURE LISBOA:

LISBON GALLERY: THE OLD STREETS

GALERIA DE LISBOA: AS RUAS ANTIGAS

M any European capitals (particularly Paris), destroyed their medieval districts in the 19th century in order to build grand new boulevards, and Lisbon almost did the same. After the reconstruction of downtown following the 1755 earthquake, medieval Alfama's narrow streets were to be replaced by broad avenues like the rest of the new city but historians and residents protested and it was thankfully saved. Although rundown and desperately needing renovation, Lisbon's oldest neighborhood is something of a Twilight Zone, a place where you step into a slower-paced world living much like it did centuries ago (with the exception of the TV antennas and satellite dishes). Six out of ten residents is over the age of 65, survivors or descendents of a formerly strong fishing community that has lived on this harbor since its Phoenician and Roman origins. The place will certainly lose much of its soul as the indigenous population dies out and will certainly become gentrified for tourists, as already seen by the number of renovated apartments used in short stays. But perhaps it will gain in renovated attention which will polish up this authentic gem. The same can be said of other old neighborhoods like Bica, Santa Catarina, or Bairro Alto, all illustrated below:

All photos copyrighted LisbonLux.com.
Their use is forbidden without our written permission.
Please contact us with your request.

M uitas capitais europeias (nomeadamente Paris) destruíram os seus bairros medievais no século XIX para construir grandes avenidas modernas e Lisboa quase seguiu o mesmo caminho. Após a reconstrução da cidade devido ao terramoto de 1755, as ruas estreitas da Alfama medieval eram para ser substituídas por avenidas largas como na nova Baixa, mas historiadores e moradores protestaram e impediram. Apesar da decadência que se vê hoje e da necessidade imediata de reabilitação, entrar no bairro mais antigo da capital é entrar noutro mundo, num lugar onde se vive a um ritmo menos acelerado num ambiente de há séculos atrás (com a exceção das antenas e parabólicas). Seis em cada dez moradores tem mais de 65 anos de idade, sobreviventes ou descendentes de uma comunidade piscatória que já vive neste porto desde as suas origens fenícias e romanas. O bairro vai inevitávelmente perder parte da sua alma com o desaparecimento da população indígena e certamente se tornará sobretudo um bairro para turistas como já se começa a verificar com o arrendamento de apartamentos renovados. Por outro lado, essa nova realidade poderá virar as atenções para este canto da cidade que é uma das suas joias mais autênticas. O mesmo se pode dizer de outros bairros históricos como a Bica, Santa Catarina ou Bairro Alto, todos ilustrados aqui:

Todos os direitos reservados.
É proíbido o uso destas fotografias sem a nossa autorização. Contacte-nos com o seu pedido.

Alfama - Largo do Chafariz de Dentro

Alfama - Travessa de São João da Praça

Alfama - Beco da Cardosa

Alfama - Calçadinha de São Miguel

Alfama - Largo de São Miguel

Alfama - Rua da Judiaria

Alfama - Beco da Corvinha

Alfama - Rua de Santo Estêvão

Alfama - Beco das Cruzes

Alfama - Rua Castelo Picão

Alfama - Rua de São Miguel

Alfama - Beco das Cruzes

Alfama - Beco das Cruzes

Alfama - Beco das Cruzes

Alfama - Largo da Sé

Alfama - Rua Norberto de Araújo

Alfama - Beco dos Paus

Alfama - Beco dos Paus

Alfama - Beco dos Paus

Alfama - Beco dos Fróis

Alfama - Travessa do Paraíso

Alfama - Largo de São Miguel

Alfama - Rua de São João da Praça

Bairro Alto - Rua da Atalaia

Bairro Alto - Rua da Rosa

Bairro Alto - Travessa dos Fiéis de Deus

Rua da Bica de Duarte Belo

Rua da Bica de Duarte Belo

Graça - Rua Marquês de Ponte do Lima

Santa Catarina - Travessa da Condessa do Rio

São Bento - Travessa da Arrochela

São Bento - Travessa da Arrochela

SEE MORE:

HIGHLIGHTS»

THE CHURCHES»

THE PATTERNS»

VEJA MAIS:

DESTAQUES»

AS IGREJAS»

OS PADRÕES»