Lisbon Guide
Guia de Lisboa
Lisbon Guide
FOLLOW LISBON:
SIGA LISBOA:
Lisbon Lux FacebookLisbon Lux TwitterLisbon Lux on Google Plus
RECOMMEDED IN:
RECOMENDADO EM:
Lonely Planet
DIE ZIET
ALFAMA | AVENIDA DA LIBERDADE | AVENIDAS NOVAS | BAIRRO ALTO | BAIXA | BELÉM | CAIS DO SODRÉ
CAMPO DE OURIQUE | CHIADO | MOURARIA | PARQUE DAS NAÇÕES | PRÍNCIPE REAL | SANTOS

Search SEARCH LISBON:
PROCURE LISBOA:

LISBON PATTERNS: TILES GALLERY

PADRÕES DE LISBOA: GALERIA DE AZULEJOS

T he tiles that cover Lisbon's oldest districts were not simply meant for decoration but as a solution to a major problem: The humidity caused by the Atlantic and the river quickly damaged the buildings and the tiles protected the façades. It all started on Rua de São João da Mata in Santos and spread through the neighborhoods of Madragoa and Alfama, not coincidentally the riverfront neighborhoods where the fishing communities lived. Lisbon already had a tradition of tile art inside homes and churches, why not have them beautify the exteriors? It eventually became a Portuguese tradition throughout the country, extending to the colonies as still seen today in the colonial architecture of northeastern Brazil.
The most beautiful tiled façades are works of art illustrating various themes, but in most cases they're covered with "carpet tiles," meaning with patterns. The most noteworthy examples are tile reliefs of the country's most prestigious factories, surviving on the streets of Lisbon for almost two centuries. Here are a few random examples from around the city.

All photos copyrighted LisbonLux.com.
Their use is forbidden without our written permission.
Please contact us with your request.

O s azulejos que revestem tantos edifícios do centro histórico de Lisboa não foram colocados simplesmente como decoração mas sim como solução para um problema: a humidade que chegava do Atlântico pelo Tejo danificava rápidamente os prédios e os azulejos protegiam as fachadas. Tudo começou na Rua de São João da Mata em Santos e espalhou-se pelos bairros da Madragoa e Alfama, não coincidentemente os bairros virados para o rio onde viviam as comunidades piscatórias. Lisboa já tinha uma grande tradição na arte da azulejaria e se o azulejo já embelezava interiores de casas e de igrejas, porque não também as fachadas? Acabou por tornar-se uma tradição portuguesa por todo o país, estendendo-se também às colónias como se vê ainda hoje na arquitetura colonial do nordeste brasileiro.
As mais belas fachadas em azulejo são obras de arte ilustrando temas variados, mas a maioria são cobertas com "azulejos tapete", ou seja, com padrões. Os casos mais exemplares são azulejos de relevo das mais conceituadas fábricas do país, muitos deles sobreviventes nas ruas de Lisboa há quase dois séculos. Eis alguns exemplos encontrados pela cidade.

Todos os direitos reservados.
É proíbido o uso destas fotografias sem a nossa autorização. Contacte-nos com o seu pedido.

SEE MORE TILES:

10 HISTORIC TILE PANELS IN ALFAMA»

The 10 MOST BEAUTIFUL FAÇADES»

10 MASTERPIECES»

VEJA MAIS AZULEJOS:

10 PAINÉIS HISTÓRICOS EM ALFAMA»

10 OBRAS PRIMAS»

AS 10 MAIS BELAS FACHADAS»


SEE MORE:

THE STREETS»

THE CHURCHES»

HIGHLIGHTS»

VEJA MAIS:

AS RUAS»

AS IGREJAS»

DESTAQUES»